Negócio

Negócio da EDP prova que país "é atractivo para investimento estrangeiro"

Negócio da EDP prova que país "é atractivo para investimento estrangeiro"

 

Lusa/AO online   Economia   30 de Dez de 2011, 10:59

O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, defendeu que a entrada da chinesa Three Gorges na EDP revela que Portugal é "atractivo para o investimento estrangeiro" e que "a EDP é uma boa oportunidade de investimento".
Na cerimónia de formalização do negócio de compra da participação pública de 21,35 por cento na eléctrica liderada por António Mexia, Vítor Gaspar considerou que a privatização da EDP abre "um caminho estratégico e financeiro para a empresa competir em Portugal e nos mercados internacionais", realçando que a operação defende os interesses da empresa, dos accionistas e do país.

"Desejo que as duas companhias tenham uma cooperação frutífera e que sejam muito mais do que a soma das partes", manifestou na sua intervenção o ministro das Finanças.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.