Migrações

Navio-patrulha “Douro” partiu esta sexta feira para operação no Mediterrâneo

Navio-patrulha “Douro” partiu esta sexta feira para operação no Mediterrâneo

 

Lusa/Ao online   Internacional   18 de Ago de 2018, 09:15

O navio-patrulha português “Douro”, com um contingente de 32 elementos, partiu esta sexta feira de Lisboa para participar numa operação internacional no Mar Mediterrâneo, reforçando o apoio às operações de salvamento de migrantes.

De acordo com um comunicado do Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA), a missão do navio, que se irá prolongar até 10 de outubro, será “patrulhar as áreas marítimas a sul de Itália, contribuindo para o controlo da rota de migração irregular em direção às fronteiras externas da União Europeia, reforçando as operações de busca e salvamento de migrantes náufragos, para evitar a perda de mais vidas humanas nesta região”.

Além disso, lê-se ainda no comunicado, pretende-se “contribuir para a prevenção e deteção de crimes transfronteiriços, tais como o narcotráfico, o tráfico de armas, o tráfico de migrantes, entre outros”.

O exercício conjunto THEMIS, sob alçada da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira FRONTEX, “é uma missão de segurança marítima” e conta com a participação de diversos meios navais e aéreos de várias organizações e países da União Europeia, com o objetivo de controlar as fronteiras externas.

A fragata da Marinha portuguesa “Álvares Cabral” também participa nesta operação internacional, estando deslocada na região desde 15 de julho e até 24 de setembro.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.