US Open

Nadal e Serena seguem em frente, Muguruza e Murray eliminados

Nadal e Serena seguem em frente, Muguruza e Murray eliminados

 

Lusa/AO Online   Outras modalidades   30 de Ago de 2018, 10:51

Os favoritos Rafael Nadal e Serena Williams apuraram-se na quarta-feira para a terceira ronda do US Open em ténis, no mesmo dia em que Garbiñe Muguruza e Andy Murray foram eliminados do quarto e último ‘major' da temporada.

O número um mundial e campeão em título, Rafael Nadal, encerrou a jornada noturna no Arthur Ashe Stadium com uma vitória frente ao canadiano Vasek Pospisil (88.º do ‘ranking’) em três ‘sets’, pelos parciais de 6-3, 6-4 e 6-2, em duas horas.

"Ganhar em três ‘sets’ nestas condições é sempre muito importante", destacou o espanhol de 32 anos e detentor de três títulos do US Open (2010, 2013 e 2017), no final de mais um dia muito quente e húmido em Nova Iorque.

Na fase seguinte, Nadal vai encontrar o russo de 22 anos Karen Khachanov, atualmente na 26.ª posição do ‘ranking' mundial, e com quem disputou as meias-finais do Masters 1.000 de Toronto.

"Foi um encontro muito duro. Terei de jogar bem para ganhar", anteviu o espanhol que está em Flushing Meadows à procura do 18.º ‘major' da carreira.

Ainda na competição masculina, em que o vice-campeão em título Kevin Anderson, John Isner e Denis Shapovalov, todos cabeças de série, avançaram para a terceira ronda, o britânico Andy Murray foi derrotado pelo espanhol Fernando Verdasco.

Numa longa batalha de três horas e 23 minutos, o antigo campeão do US Open (2012), recentemente regressado ao circuito após uma ausência de 11 meses e uma cirurgia à anca, não conseguiu acompanhar o ritmo e intensidade de jogo do espanhol, que esta temporada já contabiliza 22 torneios jogados, e cedeu pelos parciais de 5-7, 6-2, 4-6 e 4-6.

Ultrapassado o bicampeão de Wimbledon (2013 e 2016) e antigo número um mundial, Verdasco (32.º do circuito) vai medir forças com outro antigo campeão do ‘major' norte-americano (2009), o argentino Juan Martin del Potro, no encontro de acesso aos oitavos de final.

Na competição feminina e à semelhança de Nadal, Serena Williams não encontrou dificuldades para eliminar a alemã Carina Witthoeft, que tinha como melhor resultado em Flushing Meadows a terceira ronda alcançada em 2016.

A hexacampeã do US Open (1999, 2002, 2008, 2012, 2013 e 2014) precisou de uma hora e sete minutos para, em dois ‘sets’ e duplo 6-2, resolver o confronto com a jovem de 23 anos e 101.ª da hierarquia mundial, antes de confirmar encontro com a irmã mais velha Venus Willimas.

Será o 30.º desafio entre as irmãs Williams ao longo de 20 anos, sendo que Serena detém uma vantagem no confronto direto com 17 vitórias face aos 12 triunfos de Venus.

O último encontro, contudo, foi favorável à bicampeã do US Open (2000 e 2001) em Indian Wells, no regresso de Serena ao circuito após a ausência por motivos de maternidade - foi mãe há um ano, durante o ‘major' norte-americano.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.