Mulher morre atacada por dois cães que alimentava diariamente

Mulher morre atacada por dois cães que alimentava diariamente

 

Lusa/AO online   Regional   27 de Jul de 2012, 15:10

Uma mulher de 71 anos de idade faleceu na noite de quinta-feira, na freguesia dos Cedros, ilha do Faial, depois de ter sido atacada por dois cães que alimentava diariamente, revelou fonte policial.

Segundo Carlos Ferreira, comandante da PSP da Horta, a mulher, que era vizinha do dono dos cães, tinha por hábito alimentar os animais regularmente, durante a ausência do proprietário, e terá sido surpreendida pelos canídeos, já que só um deles estava acorrentado.

De acordo com os dados recolhidos pela PSP, a idosa foi encontrada, já cadáver, pelos vizinhos, que alertaram as autoridades tendo-se deslocado ao local bombeiros, agentes da PSP e o delegado de Saúde.

"Os primeiros elementos da PSP a chegar ao local tiveram necessidade de efetuar um disparo para o ar para afugentar um dos canídeos", explicou à Lusa Carlos Ferreira, adiantando que a vítima apresentava ferimentos nas pernas e no rosto.

Apesar de estar acorrentado, o cão de maior porte, de raça indiferenciada, aparentava ser perigoso e foi recolhido por funcionários da Câmara da Horta e transportado para o canil municipal.

Entretanto, o corpo da vítima foi transportado pelos bombeiros para a morgue do Hospital da Horta, a fim de ser realizada autópsia.

O comandante da PSP da Horta adiantou que serão realizadas "todas as diligências adicionais que se mostrem necessárias para apurar as circunstâncias concretas do incidente" e verificar se existem responsabilidades a imputar, ou não, por esta tragédia.

Carlos Ferreira recordou que a PSP tem desenvolvido diversas ações de sensibilização e de fiscalização sobre a posse de canídeos, em especial aqueles que possam ser classificados como "animais potencialmente perigosos".

Segundo referiu o comandante da PSP, ainda recentemente, a 14 de junho e 12 de julho, foram realizadas novas iniciativas desta natureza, com a colaboração das juntas de freguesia da ilha.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.