África

Mo Ibrahim contra "os banqueiros ignorantes"


 

Luís Andrade de Sá, Lusa / AO online   Economia   27 de Mai de 2010, 11:26

O local, uma sala cedida pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD) em Abidjan, era o menos apropriado para um ataque verbal aos banqueiros, mas isso não impediu o empresário sudanês Mo Ibrhaim de lhes chamar “ignorantes”.
As acusações foram feitas durante um painel promovido por um grupo de “sábios” africanos, entre os quais a moçambicana Graça Machel e o ex-Presidente do Botswana Festus G. Mogae, paredes meias, no mesmo hotel, com uma reunião dos governadores do BAfD para triplicar para 100 mil milhões de dólares o capital do banco e com seminários de toda a espécie, envolvendo agências de ‘rating’, jornalismo especializado, banca comercial e "gurus" das novas Tecnologias de Informação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.