Universidade Moderna

Ministro ordena averiguações à inscrição ilegal de novos alunos


 

Lusa / AO online   Nacional   28 de Set de 2007, 17:43

O ministro Mariano Gago solicitou hoje à Inspecção-Geral do Ensino Superior averiguações urgentes à Universidade Moderna, por esta estar a aceitar e a cobrar inscrições de novos alunos sem ter autorização para abrir vagas para o primeiro ano.
A decisão do ministro do Ensino Superior surge na sequência de uma notícia divulgada hoje pela agência Lusa, denunciando a situação que a tutela veio agora considerar ilegal.

"Não estando fixadas vagas para o ano lectivo de 2007/2008, não podem a Universidade Moderna de Lisboa, nem a Dinensino em Beja e Setúbal, nos termos da lei, aceitar matrículas e inscrições de novos alunos", refere o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), em comunicado.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.