Miguel Oliveira termina Grande Prémio da Holanda em sexto lugar

Miguel Oliveira termina Grande Prémio da Holanda em sexto lugar

 

Lusa/Ao online   Motores   1 de Jul de 2018, 21:24

O português Miguel Oliveira (KTM) terminou este domingo em sexto lugar o Grande Prémio da Holanda de Moto2, oitava prova do Mundial de motociclismo de velocidade.

O piloto de Almada, que partiu do 17.º lugar da grelha, conseguiu na primeira volta ao circuito de Assen recuperar várias posições, até chegar ao sétimo lugar, e depois sexto, mas perdeu terreno para o líder do Mundial, o italiano Francesco Bagnaia (Kalex).

O sexto lugar de hoje de Miguel Oliveira ‘repete’ a posição alcançada em França, na quinta corrida do Mundial, com o piloto a ter em oito provas cinco subidas ao pódio: terceiro nos Grande Prémios da Argentina e Américas, segundo em Espanha e no Qatar, e vencedor em Itália.

A posição alcançada hoje coloca agora o português no segundo lugar da classificação, a 16 pontos de Bagnaia, que hoje saiu do quarto lugar e acabou por conseguir a sua terceira vitória da época. O italiano tem 144 pontos e Miguel Oliveira 128.

À entrada para o Grande Prémio em Assen, o piloto luso estava a apenas um ponto da frente, mas a corrida acabou por replicar o que têm sido as dificuldades de Miguel Oliveira, que durante a época tem tentado recuperar ‘qualifyings’ menos bons.

Uma vez mais, o português teve que fazer uma corrida ‘de trás para a frente’, na tentativa de ‘cavalgar’ lugares para se aproximar da frente, objetivo que alcançou logo na primeira fase da corrida.

A sexta posição acaba, ainda assim, por resultar da desistência de Lorenzo Baldassarri.

Na categoria 'rainha' do motociclismo de velocidade, o bicampeão mundial Marc Marquéz (Honda) obteve a sua quarta vitória da época, numa corrida dominada por espanhóis, com Alex Rins em segundo e Maverick Viñales em terceiro.

Marquez lidera o campeonato do mundo, com 140 pontos, aumentando a vantagem para o italiano Valentino Rossi, com 99, depois de este ter terminado a corrida em Assen no quinto lugar.

Em Moto3, a liderança do Mundial passou para as ‘mãos’ do espanhol Jorge Martín (Honda), que venceu a corrida e beneficiou da queda na última volta do italiano Marco Bezzechi (KTM), na curva 10, e acabou por não pontuar.

Martín lidera agora o campeonato do Mundo, com 105 pontos, e Bezzechi caiu para a segunda posição, com 103.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.