Miguel Oliveira impressiona e fica perto de pontuar na estreia em MotoGP

Miguel Oliveira impressiona e fica perto de pontuar na estreia em MotoGP

 

Lusa/Ao online   Motores   10 de Mar de 2019, 19:12

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) ficou este domingo a apenas 1,284 segundos de pontuar na estreia em MotoGP, categoria rainha do Mundial de motociclismo de velocidade, no circuito de Losail, em Doha, no Qatar.

O piloto português terminou na 17.ª posição do Grande Prémio do Qatar, a mesma da qual partiu, a 16,377 segundos do vencedor, o italiano Andrea Dovizioso (Ducati).

No entanto, ao longo das 22 voltas da corrida, Miguel Oliveira mostrou ter ritmo para lutar por um lugar perto dos dez primeiros classificados.

O piloto português começou por perder uma posição logo no arranque, baixando para o 18.º posto, mas recuperou três posições ainda na primeira volta, até 15.º, o primeiro lugar que proporciona a conquista de pontos para o campeonato.

Com o passar das voltas, Miguel Oliveira foi ganhando posições, chegando a passar por breves instantes pela 12.ª, na décima volta, antes de ser novamente ultrapassado pelo espanhol Pol Espargaró (KTM).

Nas últimas três voltas, no entanto, o piloto português baixou o ritmo, caindo até ao 17.º posto, em que concluiu a prova de estreia na classe rainha do motociclismo mundial.

Na frente, viveu-se uma última volta de ‘cortar a respiração’, com o espanhol Marc Márquez (Honda) a atacar por duas vezes a liderança de Dovizioso, conquistada logo na partida, mas o italiano respondeu sempre, vencendo por apenas 0,023 segundos.

"Foi tal e qual como no ano passado", lamentou Márquez, que apenas venceu por uma vez no Qatar, em 2014.

Dovizioso explicou que "não tinha referências", por ter estado sempre sozinho na frente: "No final, vi que o Marc [Márquez] estava com problemas no pneu de trás e dei o meu máximo, pois ele nunca desiste", concluiu o primeiro líder do Mundial de MotoGP, com 25 pontos.

Em Moto2, o vencedor foi o italiano Lorenzo Baldassari (Kalex), enquanto em Moto3 impôs-se o japonês Kaito Toba (Honda).

A segunda prova do Campeonato do Mundo de motociclismo de velocidade é o Grande Prémio da Argentina, que se realiza em 31 de março.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.