Menos desemprego e menor salário

Menos desemprego e menor salário

 

Pedro Nunes Lagarto   Regional   18 de Nov de 2009, 07:30

Os Açores possuem a menor taxa de desemprego do país mas em contrapartida é a segunda região de Portugal onde se praticam os salários mais baixos

O mercado de emprego nos Açores é feito de extremos uma vez que se por um lado é onde se verifica a menor taxa de desemprego do país (6,2% contra 9,8% de média nacional), por outro, é a segunda região na qual se pratica o mais baixo salário para os trabalhadores por conta de outrem (em média 685 euros/mês contra 761 euros /mês no país).

Os números do INE trazem boas notícias para quem observa o mercado de emprego: nos últimos três meses conseguiu-se "travar" a evolução da taxa de desemprego que em Setembro se cifrava em 6,2%, o que representa um recuo de 0.8 p.p. face ao trimestre anterior (7%).

É claro que relativamente ao trimestre homólogo de 2008 as contas permanecem complicadas o que evidencia que a crise ainda está longe de ser banida.

Com efeito, no ano passado, em Setembro, a taxa de desemprego era de "apenas" 5,2% (o "apenas" entre aspas resulta do facto de num horizonte não muito longínquo os Açores terem atingido o pleno emprego).

Leia a notícia completa na edição de 18 de Novembro de 2009 do Açoriano Oriental


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.