Médicos querem redução de listas de espera para cirurgias nos Açores

Médicos querem redução de listas de espera para cirurgias nos Açores

 

Lusa/Ao online   Regional   5 de Ago de 2018, 04:14

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) valorizou este sábado a "atenção dada" pelo Governo dos Açores às preocupações por si manifestadas mas sublinhou ser necessário, por exemplo, reduzir a lista de espera para cirurgias na região.

Em nota enviada à imprensa, o sindicato sublinha manter a expectativa de que vários aspetos possam "ainda ser melhorados" nos Açores, dando o exemplo das listas de espera mas também o apelo a que o período normal de trabalho dos médicos de família seja dedicado à sua lista de utentes.

Para o SIM, é também necessário aplicar "medidas que incentivem o internato médico" na região autónoma, "contribuindo para a fixação de mais médicos" nos Açores.

De todo o modo, o sindicato, cujo secretário-geral esteve de visita aos Açores nos últimos dias, valoriza os "anúncios feitos" pelo governante com a pasta da Saúde, Rui Luís, a propósito do encontro com o SIM.

Em foco está, por exemplo, o anúncio de concursos para recém-especialistas em medicina familiar, outro concurso para especialistas hospitalares ou a publicação do regulamento de deslocações do Serviço Regional de Saúda dos Açores, "como forma de garantir o acesso dos cidadãos aos cuidados de saúde especializados em todas as ilhas".

"O SIM saúda os médicos da Região Autónoma dos Açores e tudo continuará a fazer no sentido de melhorar as condições trabalho para que os profissionais de saúde, nomeadamente os médicos, possam exercer de forma efetiva a sua função, cuidando da saúde dos açorianos", concretiza a estrutura sindical.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.