Marítimo pode perder o jogo na secretaria

Marítimo pode perder o jogo na secretaria

 

Arthur Melo   Futebol   26 de Mar de 2019, 09:12

O Marítimo não compareceu no jogo de sábado passado da terceira jornada do Grupo do Campeão da Liga Salsiçor, na Lagoa, e poderá ser aplicada a sanção de falta de comparência à equipa no jogo com o Operário.

A equipa de Santa Cruz da Graciosa solicitou a antecipação do jogo para sábado à noite (20h30) mas não viajou para São Miguel na sexta-feira nem tão pouco sábado, dia em que o mau tempo obrigou a vários cancelamentos de voos inter-ilhas pela SATA Air Açores.

Robert Câmara, o presidente da Associação de Futebol de Ponta Delgada, revelou as razões invocadas pelo Marítimo para não estar presente na Lagoa: “A justificação do Marítimo foi que não conseguiu viagem no sábado! O não ter viajado na sexta-feira não me foi dada nenhuma justificação, nem devia ter sido dada, mas nos dias que se seguem eles devem fazer chegar à associação organizadora, no caso a de Ponta Delgada, o que acharem por bem para poderem ultrapassar esta dificuldade. Para já, e com aquilo que temos, o que há é a eventual perda de pontos”, revelou o dirigente aos jornalistas.


Ler mais na edição desta terça-feira, 26 março de 2019, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.