Maria Emília de Oliveira Ferreira vence prémio literário Dias de Melo


 

Lusa/Ao online   Cultura e Social   30 de Jun de 2018, 11:29

A obra “Arte da Guerra”, de Maria Emília de Oliveira Ferreira, venceu o prémio literário nacional Dias de Melo, foi anunciado este sábado 

Segundo uma nota de imprensa enviada à agência Lusa pelo município das Lajes do Pico, o vencedor da segunda edição foi anunciado numa sessão no auditório do Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, atribuindo o júri o prémio à obra denominada “A Arte da Guerra, de Maria Emília de Oliveira Ferreira”.

"Além da obra vencedora, o júri também recomendou a edição e publicação de ‘Um passo para sul’, de Judite Marieta Canha Fernandes, e atribuiu uma menção honrosa aos restantes três finalistas: “Os Visitadores” (Paulo Jorge Reis Mourão), “Os Caminhantes” (António Joaquim Ribeiro Silva Tavares) e “O Visitador de Folhetins” (Henrique Filomeno Arrais Neves da Rosa Lopes)", acrescenta a nota de imprensa.

O júri do concurso era composto por Luiz Fagundes Duarte, Manuel Tomás, Madalena San-Bento, Urbano Bettencourt e Cláudia Cardoso.

Dias de Melo (1925-2008), nascido na Calheta do Nesquim, na ilha do Pico, foi professor, colaborador de jornais e é considerado um dos grandes escritores açorianos, tendo dedicado toda a sua obra ao mar e à baleação.

O prémio é promovido pelo município das Lajes do Pico, onde nasceu o escritor Dias de Melo, e pela editora Ver Açor Editores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.