Justiça

Manuela Moura Guedes assistente no processo "Face Oculta"


 

Lusa / AO online   Nacional   7 de Jan de 2010, 16:14

A jornalista Manuela Moura Guedes foi admitida como assistente no processo Face Oculta após ter formalizado um pedido há mais de um mês, tendo como objectivo "auxiliar o Ministério Público na procura da verdade".
"Acho que como assistente posso neste caso auxiliar o Ministério Público (MP) na procura da verdade", disse à agência Lusa Moura Guedes, revelando ter recebido hoje a informação de que o seu pedido foi aceite, pelo que "já é assistente no processo Face Oculta".

A suspensão na TVI do Jornal Nacional de Manuela Moura Guedes, em vésperas das eleições legislativas de Setembro de 2009, tornou-se manchete na imprensa, fez cair a Direcção de Informação daquela televisão e transformou-se num facto político, com a oposição a insinuar a intervenção do Governo, o que o primeiro-ministro, José Sócrates, desmentiu.

Manuela Moura Guedes considerou que em "determinados aspectos poderá ajudar" na descoberta da verdade, sendo que como assistente pode requerer diligências de prova no processo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.