Sociedade

Mais de nove mil crianças e jovens em risco em instituições de acolhimento

Mais de nove mil crianças e jovens em risco em instituições de acolhimento

 

Lusa / AO online   Nacional   8 de Abr de 2010, 11:28

Portugal tem 9.563 crianças e jovens em instituições de acolhimento, das quais mais de duas mil foram acolhidas em 2009, segundo o último relatório da Segurança Social.
O número total de crianças e jovens acolhidos em instituições reduziu ligeiramente em relação ao ano anterior, com menos 393 crianças e jovens, o que representa uma diminuição de 4 por cento.

O Plano de Intervenção Imediata é um documento elaborado anualmente pela Segurança Social e entregue à Assembleia da República dando conta da situação das crianças e jovens em risco que se encontram em acolhimento, à guarda do Estado português.

Este plano identificou 12.579 crianças e jovens em risco e, destas, 9.563 estão efectivamente em acolhimento em Lares de Infância e Juventude (6.395), Centros de Acolhimento Temporário (2.105) e famílias de acolhimento (658).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.