Segurança social

Mais de metade dos portugueses estão pessimistas quanto ao futuro

Mais de metade dos portugueses estão pessimistas quanto ao futuro

 

Lusa / AO online   Nacional   12 de Mar de 2010, 10:19

Mais de metade dos portugueses estão pessimistas quanto à sustentabilidade do sistema de segurança social e ao futuro das suas reformas, revela um estudo da Europamut que será hoje apresentado, no âmbito da oferta de seguros de saúde e de reforma.
O inquérito permitiu saber que 54 por cento dos portugueses se mostram "declaradamente pessimistas" sobre a sustentabilidade da segurança social e sobre o futuro das suas reformas, enquanto 81 por cento dizem "não confiar" na sustentabilidade do sistema e manifestam-se apreensivos face ao futuro das suas reformas.

O estudo revelou que existe "um défice de protecção das famílias" nas áreas da saúde e da reforma e que o terceiro sector, através da participação das sociedades mutualistas que "podem oferecer planos de protecção da saúde, destinados a complementar os subsistemas existentes, bem como produtos complementares de reforma", afirmou à agência Lusa o administrador da Europamut, Vasco Mendes.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.