Mais de 60 mil pais já se inscreveram na plataforma dos manuais gratuitos

Mais de 60 mil pais já se inscreveram na plataforma dos manuais gratuitos

 

Lusa/AO Online   Nacional   1 de Ago de 2018, 15:21

Mais de 60 mil encarregados de educação fizeram a pré-inscrição na plataforma de distribuição de manuais escolares gratuitos até à meia-noite passada, sendo que esta quarta-feira de manhã teve mais de dez mil utilizadores em permanência.

Os dados foram avançados à agência Lusa por Miguel Farrajota, do Instituto de Gestão Financeira de Educação (IGeFE), que garantiu que a plataforma MEGA está a funcionar sem problemas.

Manuais escolares gratuitos, novos ou usados, começaram a ser distribuídos hoje através da MEGA a cerca de 650 mil alunos: 500 mil do 1.º ao 6.º ano de todas as escolas públicas de todo o país e cerca de 150 mil do 7.º ao 12.º dos estabelecimentos de ensino lisboetas, através de uma parceria da autarquia com o ministério.

“Hoje de manhã, nas primeiras horas do primeiro dia da medida, tivemos mais de 10 mil utilizadores em permanência”, contou à Lusa Miguel Farrajota, acrescentando que “mais de 60 mil encarregados de educação fizeram um pré-registo antes do dia 01 de agosto”.

Através do site www.manuaisescolares.pt, os encarregados de educação acedem à plataforma que lhes atribui um ‘voucher’ que podem descarregar numa aplicação móvel ou então imprimir e entregar numa das livrarias aderentes.

No entanto, reconheceu o responsável, há escolas que ainda estão a atualizar os dados dos alunos e por isso os ‘vouchers’ ainda não estão disponíveis.

Mas Miguel Farrajota garantiu que “os pais podem ficar descansados e tranquilos porque a plataforma irá informar assim que o voucher fique disponível”, o que deverá ser “muito em breve, tendo em conta a atualização de dados das escolas”.

O responsável do Ministério da Educação explicou que o ‘voucher’ é automaticamente emitido e fica disponível na área privada dos encarregados de educação.

Até ao final do dia de terça-feira tinham aderido “cerca de mil livrarias de todo o país”, sendo que continuam a chegar inscrições de livrarias.

Na plataforma estão manuais escolares utilizados no ano letivo que agora terminou, mas também livros novos, que podem ser utilizados por famílias, escolas e livreiros.

A plataforma deverá estar ativa até ao final de outubro, para garantir que não ficam de fora alunos que mudam de escola após o arranque do ano letivo.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.