Mais de 1.600 operacionais em 30 incêndios pelas 18:00

Mais de 1.600 operacionais em 30 incêndios pelas 18:00

 

Lusa/Ao online   Nacional   4 de Ago de 2018, 19:03

Mais de 1.600 operacionais estavam pelas 18:00 envolvidos em 30 incêndios, nove dos quais em curso, segundo informação da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC).

Nos locais dos nove incêndios em curso, estavam 1.336 homens, 362 viaturas e 19 meios aéreos.

No distrito de Santarém, a Proteção Civil contabilizava três fogos em curso. Na localidade Prado, cerca de três horas depois do início do incêndio estavam no local 172 homens, 45 viaturas e três aviões.

Pelas 14:20 começou um fogo na Quinta do Briçal, concelho de Rio Maior, que pelas 18:00 era combatido por 154 homens, apoiados por 45 viaturas e três meios aéreos.

No concelho de Benavente, em Pancas, estavam no local 122 homens, 38 viaturas e um meio aéreo a lutar contra as chamas, que se iniciaram às 13:08.

Mais a sul, em Monte da Pedra, concelho do Crato, distrito de Portalegre estavam a combater as chamas, iniciadas às 16:29, 106 homens, 26 viaturas e um meio aéreo.

Em curso continua o incêndio de Monchique, que deflagrou cerca das 13:30 de sexta-feira, na localidade de Perna da Negra, tendo obrigado a retirar habitantes do sítio das Taipas e de Foz do Carvalhoso.

Às 18:00, estavam no local 723 homens, l92 viaturas e 11 meios aéreos.

Face à dimensão do incêndio, o Plano Municipal de Emergência de Monchique foi ativado ao início da madrugada de hoje.

Com mais de cem operacionais no local estavam seis incêndios, um dos quais em resolução, que deflagrou pelas 16:04 em Palvarinho, distrito de Castelo Branco e que, pelas 18:00, contabilizava 112 operacionais, 27 viaturas e um meio aéreo.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou hoje para risco de incêndio muito elevado a máximo no distrito de Faro e em concelhos dos distritos de Castelo Branco, Portalegre, Santarém e Beja.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.