Pescas

Maior porto de pescas açoriano com infra-estruturas danificadas

Carregando o video...

 

Francisco Cunha   Regional   1 de Jul de 2010, 15:36

Os problemas do porto começam logo no caminho de acesso até ao fim do pontão, com queixas unânimes dos pescadores que necessitam daquela infra-estrutura para o seu ganha-pão.
Logo no caminho de acesso ao porto e à respectiva lota os utilizadores daquele espaço público deparam-se com o percurso bastante degradado. 

O “piso” é uma mistura de pedras de calçada com terra batida e cascalho grosso, completado por buracos de grandes dimensões, que exigem o máximo de atenção dos condutores que necessitem de trazer os seus veículos ao porto, por exemplo para descarregar ou comprar peixe.


Leia esta reportagem na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Quinta-Feira Dia 1 de Julho de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.