Açoriano Oriental
Madeira vai manter "tradição" de vitória do PSD nas eleições de 10 de março

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, disse estar convicto que a região vai manter “a tradição” e dar a vitória aos sociais-democratas nas eleições legislativas nacionais de 10 de março.

Madeira vai manter "tradição" de vitória do PSD nas eleições de 10 de março

Autor: Lusa/AO Online

“Nós (PSD) nunca claudicamos, nem nunca nos subordinamos às injunções nacionais de qualquer partido desde que seja contra o interesse da nossa terra. Isso tem sido uma tradição reconhecida pelos eleitores. Sempre vencemos as eleições nacionais e nada aponta que nas próximas seja o contrário”, declarou o líder social-democrata madeirense em declarações à margem do convívio do Bolo-Rei gigante oferecido à população em Câmara de Lobos no qual participou também o presidente do município (PSD), Pedro Coelho, que é o primeiro candidato da lista social-democrata às legislativas nacionais pelo circulo da Madeira.

Miguel Albuquerque assegurou que o partido tudo fará para alcançar mais uma vitória eleitoral em 10 de março, considerando que “os madeirenses reconhecem que esta é a única força [partidária] que está na Assembleia da República para defender, contra seja quem for, os interesses da Região”.

Para o presidente do Governo Regional da Madeira, no congresso nacional do PS que decorre na Feira Internacional de Lisboa (FIL) “não há nada de novo”, acrescentando que os portugueses sabem quais os resultados da governação socialista nos últimos anos.

“Sabemos quais as consequências: Serviço Nacional de Saúde em decadência absoluta; alunos sem aulas na escola pública, o que é uma catástrofe do ponto de vista de mobilidade social - porque os filhos dos ricos estão nas escolas privadas -; transportes públicos em greve continuamente com prejuízo de mobilidade; jovens licenciados a emigrar e o país a empobrecer”, sublinhou o governante madeirense.

Questionado sobre os seus desejos para 2024, Miguel Albuquerque enunciou a continuação do crescimento económico da Região, uma taxa de desemprego residual, estabilidade política e progresso.

O município de Câmara de Lobos cumpriu a tradição oferecendo à população um Bolo-Rei gigante, com 180 metros de comprimento e 265 quilogramas, acompanhado pela tradicional ginjinha em copo de chocolate.

A iniciativa estava prevista para acontecer na praça central de Câmara de Lobos, mas a chuva levou a autarquia a transferir para o mercado da cidade o convívio, que reuniu centenas de residentes e turistas.

A iniciativa faz parte do programa de A Festa (forma como os madeirenses definem a quadra festiva que começa em 15 de dezembro e termina em 15 de janeiro), numa ação dinamizada pela autarquia em colaboração com os comerciantes locais e constitui uma forma de celebrar o Dia de Reis e “impulsionar a atividade comercial na baixa da cidade”, salienta o município.

A autarquia destaca que “as edições anteriores atraíram, de forma consistente, um grande número de pessoas, sendo já um evento de referência durante a temporada festiva em Câmara de Lobos e na Região”.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados