Luís Filipe Vieira apela à criação de uma “onda vermelha” em torno do futebol

Luís Filipe Vieira apela à criação de uma “onda vermelha” em torno do futebol

 

Lusa/Ao online   Futebol   9 de Mar de 2019, 12:44

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, pediu este sábado aos adeptos que se unam em torno da equipa de futebol para as “dez finais” que restam do campeonato, garantindo que o clube está “unido e coeso rumo à reconquista”.

“Vamos enfrentar as dez finais que faltam com humildade, concentração e confiança, certamente com uma onda vermelha que vai acompanhar a equipa nos desafios que temos pela frente”, disse o presidente ‘encarnado’ no discurso de abertura da cerimónia de atribuição de distinções de dedicação aos sócios do clube.

Garantindo que o clube está “unido e coeso”, Luís Filipe Vieira fez um balanço dos resultados recentes da sua presidência, destacando a passagem do Estádio da Luz para a posse de clube.

“A titularidade do Estádio da Luz e a BTV passam na totalidade para o clube. Assim se devolve o Benfica aos benfiquistas e em breve anunciarei outras mediadas que continuarão a devolver o clube aos benfiquistas. Virão aí novas fases, com novas medidas e empenho, pois o pior a fazer seria dormir à sombra dos resultados”, frisou o presidente das ‘águias’, que realçou ainda que pelo quinto ano consecutivo a SAD apresentou resultados positivos.

No plano desportivo, Vieira destacou a expansão do centro de estágios do Seixal, com a criação de um colégio e de um hotel, projetos que considerou que “tornam o Benfica num dos clubes mais apetrechados em todo o mundo, sem beliscar a saúde financeira do clube”.

Como resultado da aposta na formação têm sido muitos os jovens oriundos do Seixal a chegar à equipa principal de futebol dos ‘encarnados’, algo que Luís Filipe Vieira considerou o resultado da aposta feita por esta direção.

Na cerimónia de hoje, que distinguiu 4267 sócios com os títulos de Anel de platina (60 sócios), Emblema de ouro (212 sócios) e Emblema de prata (3995 sócios), o presidente dos ‘encarnados’ sublinhou a importância dos sócios e adeptos do clube no caminho que tem sido feito.

“O Benfica não é só um dos maiores clubes de Portugal, mas um dos maiores do mundo, sobretudo pelos seus adeptos, particularmente pelos seus associados. São o que de mais valioso o clube tem e neles reside a sua maior força. Batem recordes de participação eleitoral, espalham a mística do Benfica e acompanham o clube por todo o mundo”, afirmou.

A cerimónia contou com a presença de muitas antigas glórias do clube, que entregaram as distinções aos sócios mais antigos. Entre os sócios distinguidos estiveram Toni, antigo jogador e treinador de futebol do emblema ‘encarnado’, Pedro Nunes, antigo treinador da equipa de hóquei patins, e Mário Dias, antigo dirigente do clube que recebeu uma ovação de todos os sócios presentes no Pavilhão da Luz e palavras emocionadas de Luís Filipe Vieira.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.