Dívida

Juros das obrigações portuguesas descem 16% desde máximos de Abril


 

Lusa / AO online   Economia   5 de Jul de 2010, 12:39

Os juros das obrigações portuguesas com prazo de dez anos voltam esta segunda-feira a cair, pela quarta sessão seguida, para 5,3021 por cento, tendo já recuado 15,6 por cento desde os máximos atingidos no final de Abril.

A taxa de juro das obrigações portuguesas seguia, pelas 13:00, nos 5,3021 por cento, acompanhando o movimento de quedas dos congéneres europeus, que é explicado pelo maior interesse dos investidores em terem exposição ao retorno fixo, em virtude das fracas perspectivas de crescimento económico na Europa.

 

Assim, o prémio exigido pelos investidores para comprarem dívida portuguesa, em vez da alemã (que serve de referência à Zona Euro), está nos 274,1 pontos base.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.