Julgamento de Rúben Semedo por agressão suspenso para acordo entre as partes

Julgamento de Rúben Semedo por agressão suspenso para acordo entre as partes

 

Lusa/AO online   Futebol   24 de Abr de 2018, 12:36

O julgamento do futebolista português do Villarreal Rúben Semedo, por uma alegada agressão no exterior de uma discoteca foi hoje suspenso para as duas partes chegarem a acordo.

O português, de 23 anos, é acusado de agredir um homem com uma garrafa, em 29 de outubro de 2017, junto a uma discoteca de Turia, mas as partes disponibilizaram-se para acordo e a sessão, marcada para as 10:00 de hoje, foi suspensa, confirmou o Tribunal de Valência.

Apesar de Ruben Semedo ter estado no tribunal, a suspensão foi decidida numa reunião entre os seus representantes legais, que culminou com o acordo monetário extrajudicial, segundo confirmou o advogado do internacional luso sub-21, Jorge Albertini.

O causídico acrescentou que o juiz decidiu dar 10 dias para ser formalizada a retirada da queixa, perante a impossibilidade de acertar atempadamente as questões formais do pagamento, altura em que será encerrado o processo.

A suspensão da sessão tinha sido confirmada pelo Tribunal de Valência através da rede social Twitter.

Semedo ia começar a responder hoje em tribunal pelo primeiro de vários crimes de que é acusado em Espanha, tendo sido detido em 19 de fevereiro último, por suspeitas de ter, juntamente com outras duas pessoas, sequestrado um homem a quem, sob ameaça com uma pistola, retiraram as chaves do apartamento, de onde roubaram dinheiro e objetos.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.