Jorge Jesus e José Couceiro querem ganhar taça antes dos penáltis

Jorge Jesus e José Couceiro querem ganhar taça antes dos penáltis

 

Lusa/AO online   Futebol   26 de Jan de 2018, 16:25

Jorge Jesus e José Couceiro afirmaram esta sexta-feira a vontade de conquistar a Taça da Liga de futebol que vão disputar no sábado, mas nenhum dos treinadores vai entrar em jogo a pensar no desempate por grandes penalidades.

"Quando se chega a esta fase, num jogo decisivo, sendo a equipa mais ou menos poderosa, todos sonham em vencer o troféu. O objetivo é comum, mesmo com recursos diferentes", afirmou José Couceiro na conferência de imprensa conjunta dos dois técnicos de antevisão da final, que vai ter lugar no Estádio Municipal de Braga.

Jorge Jesus, que já venceu cinco Taças da Liga, todas ao serviço do Benfica, lembrou que nesta final decide-se o primeiro troféu da época e que "qualquer finalista pensa em vencer".

Os técnicos notaram que ninguém joga para empatar ou para decidir o jogo nas grandes penalidades, mas ambos disseram ter treinado essa eventualidade.

"Ainda o ano passado, o nosso guarda-redes [Pedro Trigueira] defendeu o penálti e a recarga no jogo com o Sporting, do Adrien. É claro que preparamos isso. Entrando nos últimos minutos, é natural que as equipas sejam mais cautelosas, mas começamos o jogo a querer ganhar com as armas que temos", disse José Couceiro.

Jorge Jesus voltou a considerar que, "quando se ganha nas grandes penalidades, não é o fator sorte".

"O Sporting tem um dos melhores guarda-redes do mundo [Rui Patrício] e que tem alguma queda para defender grandes penalidades, mas não pensamos que chegamos às grandes penalidades e isto está ganho, não é nada disso. Uma final é uma final", disse.

Questionado sobre a presença do treinador de guarda-redes Nelson atrás da baliza na altura do desempate por grandes penalidades no jogo com o FC Porto, na quarta-feira, o treinador do Sporting respondeu: "o Jorge Jesus é um treinador que faz tudo para ganhar, foi o que eu fiz."

Couceiro salientou o percurso do Vitória de Setúbal na prova: "Estamos há sete jogos sem perder. A verdade é que o Vitória teve um período muito crítico e isso refletiu-se na equipa, mas estes miúdos conseguiram sair de um período de sete derrotas para um de sete jogos sem perder. Somámos sete pontos num grupo com Benfica, Sporting de Braga e Portimonense e quem tem este percurso só tem um objetivo, que é fazer tudo para ganhar o jogo."

O Vitória de Setúbal venceu a Oliveirense, da II Liga, na primeira meia-final (2-0), enquanto o Sporting eliminou o FC Porto no desempate por grandes penalidades (4-3, após um nulo no final do tempo regulamentar).

O jogo tem início marcado para as 20:45 de sábado, no Estádio Municipal de Braga.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.