João Ponte diz que a formação é “ferramenta imprescindível e essencial” para os agricultores

João Ponte diz que a formação é “ferramenta imprescindível e essencial” para os agricultores

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   3 de Set de 2018, 20:00

O secretário regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, considerou que é essencial que os jovens agricultores açorianos, apostem cada vez mais, na formação contínua para poderem ter explorações mais eficientes, mais rentáveis, com menores custos de produção e estarem melhor preparados para vencer os desafios permanentes do setor.

O governante, citado em nota de imprensa, que falava na sessão de entrega de diplomas a 15 jovens formandos do curso de bovinicultura de leite na ilha de São Miguel, afirmou que “um dos grandes desafios que temos na agricultura passa pela aposta, cada vez mais, na formação. Os agricultores que tiverem maiores e melhores conhecimentos técnicos estarão mais bem preparados para tornar as suas explorações mais eficientes e com menores custos de produção”.


Para João Ponte, os jovens que receberam esta formação passam a dispor de uma “ferramenta essencial” para levarem a cabo uma carreira profissional na área da agricultura, gerindo de forma mais eficiente as suas explorações.


“Este é um momento importante e simbólico de entrega dos diplomas, um momento que marca o culminar de várias horas de formação, de aquisição de novos conhecimentos e segue-se agora a aplicação prática no terreno”, disse para acrescentar que os Açores e o setor agrícola necessitam muito de jovens para haver uma renovação geracional e para dar sustentabilidade ao setor.


João Ponte indicou que, no período de 2017 e 2018, serão investidos mais de 300 mil euros em ações de formação para agricultores, sobre várias temáticas, que vão abranger mais 4.200 formandos.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.