Irão aponta EUA e Israel como inimigos irreconciliáveis das nações islâmicas

Irão aponta EUA e Israel como inimigos irreconciliáveis das nações islâmicas

 

Lusa / AO online   Internacional   19 de Ago de 2012, 12:15

O líder supremo do Irão, o aiatola Ali Jamenei, apontou hoje os Estados Unidos e Israel como inimigos irreconciliáveis das nações islâmicas, num sermão durante a festa Eid al Fitr, que celebra o fim do jejum do Ramadão.

 

Neste contexto, Jamenei instou o mundo muçulmano a "permanecer vigilante perante as cada vez mais complicadas conspirações dos inimigos do povo islâmico", segundo a televisão oficial iraniana em inglês Press TV, citada pela EFE.

O líder supremi da República Islâmica do Irão assegurou que "os inimigos não serão capazes de superar a resolução das nações islâmicas".

O mês de jejum muçulmano do Ramadão terminou no sábado no Irão.

Durante o Ramadão, os muçulmanos celebram a revelação do Corão ao profeta Maomé e abstêm-se de comer, beber, fumar e ter relações sexuais durante as horas diurnas.

É um mês de sacrifício e oração, mas também resulta em festa, com noites alegres para estreitar os laços com a família e amigos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.