Irão realiza manobras militares no golfo Pérsico num contexto de tensão com EUA


 

Lusa/Ao online   Internacional   5 de Ago de 2018, 12:55

Os Guardas de Revolução do Irão disseram este domingo terem efetuado esta semana “com sucesso” exercícios militares no golfo Pérsico para enfrentar “possíveis ações dos inimigos”.

Citado pela agência oficial IRNA, Ramezan Sharif, porta-voz dos Guardas da Revolução, assinalou ainda a “necessidade de manter e melhorar a preparação (das unidades desta divisão das Forças Armadas iranianas) para a defesa das vias navegáveis internacionais do golfo Pérsico e do estreito de Ormuz”.

As declarações ocorrem num contexto de crescente tensão com os Estados Unidos, que levou já as autoridades iranianas a ameaçarem bloquear o estratégico estreito de Ormuz, entre o Irão e Omã e por onde circula perto de 20% do petróleo do mundo, em resposta às sanções norte-americanas.

No final de julho, o comandante da Marinha iraniana, almirante Hossein Khanzadi, advertiu que manter o estreito aberto ou fechado “depende dos interesses do Irão”.

“As cruéis sanções impostas ao Irão afetarão as funções do estreito de Ormuz”, disse Khanzadi.

O presidente norte-americano, Donald Trump, retirou em maio o seu país do acordo nuclear de 2015 com o Irão, que foi assinado entre os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança (Reino Unido, França, Rússia e China, além dos Estados Unidos) mais a Alemanha e Teerão.

O acordo permitiu o levantamento de parte das sanções internacionais ao Irão em troca do compromisso deste país de que o seu programa nuclear tem fins pacíficos.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.