Nuclear

Irão define como “um erro” as futuras sanções da UE

Irão define como “um erro” as futuras sanções da UE

 

Lusa / AO online   Internacional   15 de Jun de 2010, 18:35

Um responsável iraniano considerou esta terça-feira um “erro” as sanções contra o seu país, e que deverão ser aprovadas na quinta-feira em Bruxelas pelos chefes de Estado e de Governo da União Europeia (UE).

 

A política de ‘dupla aproximação’ do Ocidente é um erro (…) sempre dissemos que a política do pau e da cenoura não dá resultado”, declarou o porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros, Ramin Mehmanparast, durante a habitual conferência de imprensa semanal.

 

Interrogado a propósito das sanções europeias que devem completar as medidas aprovadas na semana passada pelo Conselho de Segurança da ONU, o porta-voz do MNE iraniano considerou ainda que a “todas as questões podem ser examinadas no âmbito de discussões racionais (…) mas a utilização da força produzirá os resultados inversos” aos esperados.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.