Investigado atropelamento de procuradora do Ministério Público

Investigado atropelamento de procuradora do Ministério Público

 

Luís Pedro Silva   Regional   18 de Abr de 2019, 10:17

A PSP de Ponta Delgada está a investigar o atropelamento de uma procuradora do Ministério Público, com 61 anos, que aconteceu próximo do Campo de São Francisco, provocando ferimentos graves na vítima.

O atropelamento ocorreu a 19 de fevereiro, pelas 21h30, quando a procuradora que integra o grupo de inspetores do Ministério Público - responsável pela fiscalização do trabalho desenvolvido pelos procuradores do Ministério Público - se havia deslocado aos Açores para realizar inspeções em Angra do Heroísmo e Ponta Delgada. A procuradora estava acompanhada por um técnico do Ministério Público quando foi atropelada numa passadeira situado junto ao Campo de São Francisco, aparentemente, por uma viatura que efetuava uma ultrapassagem a uma outra viatura que tinha parado para permitir à vítima atravessar a passadeira.

A procuradora, segundo as informações recolhidas, foi projetada cerca de 10 a 15 metros e sofreu lesões graves. Foi inicialmente colocada na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital do Divino Espírito Santo, com prognóstico reservado.

A vítima do atropelamento já foi transferida para uma unidade hospitalar em Lisboa, mantendo um quadro clínico reservado.

Os elementos da Esquadra de Trânsito da PSP de Ponta Delgada identificaram o condutor envolvido neste acidente, que está a ser investigado pela, alegada, autoria do crime de condução perigosa.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.