Interrupção Voluntária da Gravidez passará a ser feita na Madeira


 

Lusa/Ao online   Nacional   12 de Dez de 2007, 11:46

O secretário regional dos Assuntos Sociais, Francisco Ramos, anunciou hoje que a Interrupção Voluntária da Gravidez será feita no Centro Hospitalar do Funchal a partir de 2008.
Ao falar na sessão de debate e votação do Orçamento Regional para 2008 na Assembleia Legislativa da Madeira, o secretário regional revelou que o Governo Regional prepara um protocolo a ser celebrado com a Entidade Pública Empresarial para que o aborto passe a ser feito na Madeira.

    Revelou ainda que o Orçamento Regional tem uma verba inscrita para o IVG apesar do Governo Regional aguardar o Parecer do Tribunal Constitucional por a Região não ter sido previamente ouvida nesta matéria.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.