Açoriano Oriental
Hotelaria e restauração nos Açores defendem reforço na qualificação dos profissionais

A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) nos Açores defende o reforço da qualificação dos profissionais, alertando que, apesar do crescimento turístico, os pedidos para preenchimento de vagas "não estão a ser satisfeitos" na totalidade.

Hotelaria e restauração nos Açores defendem reforço na qualificação dos profissionais

Autor: Lusa

"O aumento do turismo nos Açores é muito bem-vindo. O desafio é ter todo o pessoal da restauração e hotelaria preparado e qualificado para o bem receber que nos caracteriza. Queremos ter qualidade nos nossos serviços", disse à agência Lusa a presidente da delegação regional da associação, Cláudia Chaves.

Outro desafio "é ter a mão-de-obra qualificada em número suficiente para a qualidade” pretendida.

Em resposta por escrito a questões colocadas pela Lusa, a presidente da estrutura da AHRESP nos Açores assinalou que "a falta de mão-de-obra na restauração e hotelaria continua a ser um problema", com maior incidência nos meses de época alta.

Segundo Cláudia Chaves, "o inverno continua a ser a estação baixa" para ambos os setores, pelo que durante estes meses os empresários "aproveitam para dar férias a alguns dos colaboradores, formação, e fazer algumas manutenções nos espaços".

"Há uma grande necessidade de mão-de-obra qualificada. Os pedidos para preenchimento de vagas, por parte dos empresários, continuam a aparecer e não estão a ser satisfeitos na sua totalidade", constatou.

A associação sublinha que tem feito "todos os esforços para atenuar" a situação, inclusive com a participação e a promoção de feiras de emprego, e formação certificada via Academia AHRESP e Turismo de Portugal.

"Estamos a apresentar as nossas propostas, para o Governo [Regional] incluir no seu Programa, que facilitem às nossas empresas a melhoria das condições salariais dos nossos colaboradores, [e permitam] captar e reter talento", acrescentou a representante.

Entre as propostas estão a redução da Taxa Social Única (TSU) a cargo das empresas pelos rendimentos de trabalho e a revisão dos escalões de tributação do Imposto sobre o Rendimento Singular (IRS), para "aumentar o rendimento líquido disponível das famílias".

A AHRESP defende ainda a criação de programas de apoio à integração de imigrantes, com apoios às rendas para habitação e acesso a cursos de formação que permitam "aumentar a qualificação e valorizar as profissões".

Os Açores são o destino nacional convidado da próxima edição da Bolsa de Turismo (BTL), que vai decorrer entre quarta-feira e o dia 03 de março, no Parque das Nações, em Lisboa.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados