Horticultores representam mais de um terço de pedidos de apoio nos Açores

Horticultores representam mais de um terço de pedidos de apoio nos Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   7 de Set de 2018, 16:17

O Governo dos Açores indicou esta sexta-feira que, das 1.407 candidaturas de agricultores a apoios a disponibilizar por causa da seca, 541 são referentes ao setor hortícola, "pelo que não se pode falar em discriminação entre setores".

No total, diz uma nota enviada às redações pelo executivo açoriano, as candidaturas apresentadas abrangem uma área com mais de 6.000 hectares em todo o arquipélago, dos quais 5.572 hectares dizem respeito à produção de milho e 336,83 hectares à horticultura.

"Nesta altura, as equipas de técnicos estão no terreno a proceder à verificação das candidaturas apresentadas, para que depois possa ser definido o valor a pagar por hectare", é também referido.

A secretaria regional da Agricultura e Florestas diz ainda rejeitar críticas sobre uma alegada falta de atenção e inexistência de apoios aos produtores de hortifruticultura por parte do Governo dos Açores, comparativamente com o setor pecuário.

"Até ao momento, ainda não foi atribuído qualquer apoio direto aos produtores com perdas de produção devido à seca, nem definido o valor a pagar por hectare, pelo que não se pode falar em discriminação entre setores", diz a tutela.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.