Justiça

Homicida de empresário condenado


 

Lusa/AO online   Nacional   26 de Mai de 2010, 16:59

O homicida do antigo presidente em Portugal do grupo "Os Mosqueteiros" foi esta qurta-feira condenado à pena única de três anos e oito meses de prisão pelos crimes de furto qualificado, violação de domicílio e detenção de arma proibida.
O colectivo de juízes do Tribunal Judicial de Leiria condenou o cidadão francês Marc Lastavel a três anos de prisão pelo crime de furto qualificado, seis meses de prisão pelo crime de violação de domicílio e um ano de prisão por detenção de arma proibida, resultando na pena única de três anos e oito meses de prisão.

Na leitura do acórdão, o juiz presidente, Duarte Nunes, explicou que o tribunal rejeitou a suspensão da pena por considerar que a "prevenção geral e o alarme social" desaconselham esta possibilidade.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.