Guimarães quer vencer nos Açores e dar mais um passo rumo à Liga Europa

Guimarães quer vencer nos Açores e dar mais um passo rumo à Liga Europa

 

Lusa/AO Online   Futebol   30 de Mar de 2019, 08:30

O treinador Luís Castro afirmou que o Vitória de Guimarães quer vencer o Santa Clara, no sábado, em jogo da 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, para continuar bem posicionado para chegar à Liga Europa.

Com oito jogos por disputar no campeonato, os vimaranenses ocupam o quinto lugar, o último que dá acesso à prova europeia, com 42 pontos, os mesmos do Moreirense, sexto, e mais quatro do que o Belenenses, sétimo colocado.

O técnico admitiu que gostaria de estar mais "folgado" perante uma "concorrência muito forte" e frisou que os seus pupilos vão "dar o máximo" para vencerem nos Açores.

"Neste momento do campeonato, há uma grande motivação de todas as equipas, porque querem a melhor classificação possível. No nosso caso, ainda queremos a Liga Europa. Vamos jogar com respeito muito grande pela nossa obrigação de dar o máximo e com o objetivo claro de vitória", disse Luís Castro, em conferência de imprensa de antevisão ao desafio marcado para o Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.

O treinador avisou que os açorianos, oitavos classificados, com 32 pontos, não vão "baixar os seus níveis de intensidade" por estarem já "descansados na tabela", tendo-os descrito como uma equipa que, nos últimos jogos, perdeu "poder ofensivo, em termos de concretização", mas tornou-se "muito mais equilibrada", ao melhorar na defesa.

Luís Castro elogiou ainda a "competência" dos jogadores do Santa Clara e do seu treinador, João Henriques, por terem até agora demonstrado que uma equipa que ascendeu à I Liga não tem necessariamente de lutar para não descer na época seguinte.

O técnico salientou ainda que, se tudo estiver bem fisicamente, vai contar com o maliano Sacko, o venezuelano Osorio e o ganês Wakaso, jogadores que falharam a preparação para o jogo após terem sido convocados para as suas seleções, e revelou que o médio André André vai falhar a deslocação aos Açores, por lesão.

Mais forte em Guimarães (27 pontos) do que nos jogos fora (15), o Vitória vai regressar a um estádio em que perdeu nas três vezes que lá jogou para a I Liga, mas Luís Castro defendeu que, no futebol, o importante é o "presente" e que todas as equipas do campeonato são mais fortes no seu reduto.

"Os jogadores estão mais identificados com o seu terreno de jogo e mais acompanhados pela sua massa associativa. A dimensão mais importante de rendimento no futebol é a psicológica. Os jogadores sentem-se mais confortáveis a jogar em casa, ainda para mais os jogadores do Vitória, que têm uma massa associativa fantástica, sempre a apoiar a equipa", explicou.

O Vitória de Guimarães, quinto classificado da I Liga, com 42 pontos, defronta o Santa Clara, oitavo, com 32, num jogo que vai decorrer no Estádio de São Miguel, no sábado, às 19h30 locais (20h30 em Lisboa).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.