Grupo de eurodeputados faz petição contra Tony Blair


 

Lusa / AO online   Internacional   21 de Out de 2009, 18:07

Um grupo de eurodeputados entregou no Parlamento Europeu uma petição contra a eventual nomeação do ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair para presidente do Conselho Europeu, texto que nenhum português subscreveu.
A petição, lançada por um eurodeputado socialista luxemburguês e que granjeou apoios entre os liberais e os conservadores, pede ao Conselho da UE para não nomear para a sua presidência uma pessoa "com a qual os europeus não se possam identificar".

Os peticionários invocam que o presidente do Conselho, figura criada no Tratado de Lisboa, deve ser oriundo de um país que tenha adoptado o euro e integre o espaço Schengen de livre circulação, o que exclui o Reino Unido.

Tony Blair é um nome que há muito circula como "candidatável" ao cargo e reúne tantos apoios quantas contestações.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.