OE 2008

Governo revê em alta taxa de desemprego em 2007 e 2008


 

Lusa / AO online   Economia   12 de Out de 2007, 16:36

 Governo reviu em alta as previsões de evolução da taxa de desemprego para ano e o próximo, segundo a proposta de Orçamento do Estado (OE), hoje divulgada.
    A taxa de desemprego deverá ficar este ano em 7,8 por cento, valor 0,3 pontos percentuais acima do inicialmente previsto.

    Para o próximo ano, prevê-se uma redução para 7,6 por cento, uma taxa 0,4 pontos percentuais superior ao anteriormente esperado.

    Este valor previsto para o próximo ano pelo Governo supera as últimas estimativas dos organismos internacionais.

    Nas previsões da Primavera, a OCDE previa 7,1 por cento, o FMI estimava 7,3 por cento e a Comissão Europeia apontava para 7,5 por cento.

    Segundo os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de desemprego situou-se nos 7,9 por cento no segundo trimestre do ano.

    Os últimos dados do Eurostat apontaram para uma taxa de desemprego estimada de 8,3 por cento em Agosto.

    Pelo contrário, o desemprego registado caiu 10,2 por cento em Agosto, face ao período homólogo, mantendo a trajectória descendente pelo 18º mês consecutivo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.