Governo Regional defende aposta na formação 'online' de professores

Governo Regional defende aposta na formação 'online' de professores

 

Lusa/AO online   Regional   24 de Jan de 2018, 11:28

O secretário regional da Educação e Cultura defendeu esta quarta-feira a necessidade de "amplificar" nos Açores a formação de professores com recurso às novas tecnologias, alegando não ser possível de "uma assentada" formar todos os docentes em ações presenciais.

“Não é possível de uma assentada, com a velocidade que queremos, formar todos os docentes do sistema educativo regional em ações de natureza presencial. E só vejo duas alternativas, uma delas é recorrer a formação 'online', cujas experiências se vão fazendo no país com algum sucesso”, afirmou Avelino Meneses aos jornalistas.

O governante falava após a sessão de abertura da ação de formação sobre "Monitorização e (auto)regulação escolar: análise e projeção dos resultados em turmas de contexto análogo", na Escola Secundária Domingos Rebelo, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel.

Para o titular da pasta da Educação nos Açores, a ideia não é montar um centro de formação de professores 'online', mas "é preciso amplificar" a formação recorrendo às novas tecnologias, uma ferramenta com benefícios para todos.

O secretário regional da Educação e Cultura referiu que nas áreas das novas tecnologias e da formação contínua 'online' a região e o país "ainda estão relativamente atrasados".

“A formação contínua hoje em dia é extremamente importante como complemento da formação inicial porque estamos numa época em que o conhecimento se altera a uma velocidade estonteante”, realçou, apontando a necessidade constante de atualização de conhecimentos junto da classe docente.

Além disso, segundo Avelino Meneses, os professores devem ser também formadores de si próprios, afirmando que "os mais experientes têm de vestir a camisola de formadores" junto dos menos experientes e assim contribuírem para "um debate continuo das questões que afetam a educação do ponto de vista pedagógico e cientifico".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.