Governo dos Açores vai lançar projeto piloto para aumentar dádivas de sangue dos jovens

Governo dos Açores vai lançar projeto piloto para aumentar dádivas de sangue dos jovens

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   28 de Ago de 2019, 11:38

O Governo dos Açores vai lançar este ano um projeto piloto que visa incentivar os jovens a doarem sangue.

O anúncio foi feito por Lúcio Rodrigues, diretor regional da Juventude, no âmbito de uma reunião com a Associação de Dadores de Sangue do Faial. Na ocasião, Lúcio Rodrigues adiantou que este projeto piloto nasce do “estabelecimento de sinergias" entre as direções regionais da Saúde e da Juventude, o Hospital da Horta e a Associação de Dadores de Sangue do Faial, admitindo que pode vir a ser “replicado noutras ilhas".


Citado em nota do Executivo, o diretor regional explicou que este projeto irá decorrer em duas fases, sendo a primeira "dedicada à divulgação e à promoção da dádiva junto dos jovens”, enquanto a segunda fase "incidirá na recolha de sangue”.


“A dádiva de sangue é um ato de cidadania e um dos maiores atos de voluntariado na nossa sociedade", afirmou, frisando que, “quando damos sangue, damos de uma forma anónima e sem saber a quem se destina e isso é um grande ato de voluntariado e de generosidade para com o próximo”, sublinhou.


“Com este projeto queremos impactar e despertar os jovens para esta realidade. É importante cativar, ir ao encontro dos jovens no terreno, nas escolas, na perspetiva deles saberem a importância que podem ter já hoje, quer na divulgação, quer na doação”, salientou Lúcio Rodrigues.


O diretor regional da Juventude realçou, ainda, a aposta que o Governo dos Açores tem vindo a fazer ao longo desta legislatura no “aumento da participação cívica dos jovens”, que resulta evidente pela “grande adesão que os programas de voluntariado têm demonstrado”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.