Governo dos Açores vai lançar concurso público para construção da nova aerogare do Aeródromo da Graciosa

Governo dos Açores vai lançar concurso público para construção da nova aerogare do Aeródromo da Graciosa

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   12 de Jul de 2018, 16:13

O Governo dos Açores autorizou o lançamento do concurso público para a empreitada de construção da nova aerogare do Aeródromo da Graciosa, anunciou, em Santa Cruz, o Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares.

Na leitura do comunicado de Conselho de Governo, Berto Messias, avançou que a nova infraestrutura estará “dimensionada para a utilização de 120 passageiros, correspondendo a 75% da lotação máxima de dois aviões DASH Q400 em operação simultânea”.

Para além do edifício a construir, revelou o Secretário Regional, prevê-se a “requalificação e ampliação do parque de estacionamento, incluindo a iluminação da área envolvente, a alteração da vedação do aeródromo e a pavimentação da zona de implantação da atual aerogare, que será demolida após a entrada em serviço da nova aerogare”.

Em outra frente, o Governo dos Açores decidiu reforçar o parque informático e o desenvolvimento das tecnologias da informação na Escola Básica e Secundária da Graciosa, atribuindo um apoio de cerca de 11.400 euros.

Após a inauguração da requalificação do edifício da Adega e Cooperativa Agrícola da Ilha Graciosa, o Governo decidiu apoiar esta entidade “a nível técnico, com vista a assegurar a sua viabilidade e sustentabilidade, de forma a apoiar a dinamização da atividade produtiva dos agricultores e viticultores”.

Por sua vez, a Cooperativa Graçagrícola, CRL, será apoiada em cerca de 165 mil euros, com o objetivo de “dinamizar e melhorar o rendimento das ações relacionadas com a produção animal, contribuindo para o crescimento e consolidação do processo de modernização da agropecuária na ilha Graciosa”.

Berto Messias anunciou ainda que o Governo Regional vai “apoiar a realização de ações de formação para os agricultores, designadamente nas áreas de pastagens, forragens e utilização sustentável do solo, poda e enxertia da vinha”, dando ainda instruções ao IAMA - Instituto de Alimentação e Mercados Agrícolas - para, em articulação com as organizações de produtores da ilha Graciosa, “iniciar os procedimentos com vista ao reconhecimento da qualidade do Alho da Graciosa através de uma IGP - Identificação Geográfica Protegida”.

Por outro lado, o Governo vai de apoiar a Associação de Pescadores da Graciosa em cerca de 53 mil euros, bem como autorizar a contratação da empreitada de iluminação do Porto de pescas de Santa Cruz da Graciosa.

O Secretário Regional apresentou, igualmente, medidas direcionadas à juventude graciosense, nomeadamente em apoios à participação no Parlamento dos Jovens, no projeto ‘Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso!’, no Concurso Regional IdeiAçores e no Encontro Regional de Associações de Juventude, que reunirá todas as associações juvenis da Região.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.