Governo dos Açores promove iniciativas de combate ao desperdício alimentar

Governo dos Açores promove iniciativas de combate ao desperdício alimentar

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   4 de Set de 2018, 17:33

A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, através da Direção Regional do Ambiente, vai promover a realização de vários workshops de aproveitamento de sobras e restos de alimentos direcionados para o setor da restauração.

Os workshops começam amanhã, dia 5 de setembro, na ilha de São Jorge, seguindo-se a ilha Terceira, no dia 6 de setembro e a Graciosa no dia a seguinte, culminando a 16 de outubro, data em que se assinala o Dia Mundial da Alimentação, em Santa Maria, sendo que os interessados devem efetuar a inscrição junto dos Parques Naturais de Ilha.


Segundo avança nota do Gacs, esta iniciativa, numa parceria com a Escola de Formação Turística e Hoteleira, visa dar seguimento às formações sobre desperdício alimentar realizadas em 2016 nas ilhas do Faial, Pico e São Miguel, com o objetivo de prevenir a produção de resíduos alimentares, incidindo sobre conteúdos relacionados com novas técnicas de conservação e menu dose certa.


Com estas ações, “pretende-se contribuir para a redução do desperdício alimentar na Região, sensibilizar a população para uma consciência e atitude alimentar responsável e sustentável e promover o consumo de alimentos e produtos alimentares de produção local”, lê-se na nota.


O governo lembra que o Plano Estratégico de Prevenção e Gestão de Resíduos dos Açores promove o desvio de resíduos urbanos biodegradáveis depositados em aterro, incentivando à reciclagem deste grupo de resíduos, para que se assegure a meta da União Europeia de que, até 2025, se assista a uma redução de, pelo menos, 30% do desperdício de alimentos nos setores da indústria transformadora, da venda a retalho/distribuição, da hotelaria/restauração e dos agregados familiares.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.