Governo dos Açores manifesta pesar pela morte de cônsul honorário de Portugal em Los Angeles

Governo dos Açores manifesta pesar pela morte de cônsul honorário de Portugal em Los Angeles

 

Lusa/Ao online   Economia   16 de Jun de 2018, 17:56

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, manifestou este sábado “profundo pesar” pela morte do cônsul honorário de Portugal em Los Angeles, nos Estados Unidos, o emigrante açoriano John Carlos Martins.

“Nas várias funções cívicas, políticas, culturais e profissionais que desempenhou nos Estados Unidos da América, John Martins demonstrou sempre um elevado sentido de serviço público, sem nunca esquecer a ligação às suas raízes na ilha Terceira e nos Açores, o que lhe valeu a gratidão e o reconhecimento da comunidade emigrada no estado da Califórnia”, disse Vasco Cordeiro, citado numa nota do Gabinete de Apoio à Comunicação Social do Governo Regional.

Natural da ilha Terceira, nos Açores, John Carlos Martins tinha 54 anos e vivia desde os dois anos na Califórnia, para onde emigrou com a família.

O empresário ocupou o cargo de presidente da Câmara Municipal de Artesia, em Los Angeles, entre 2004 e 2010, tendo sido vereador da mesma autarquia, entre 2001 e 2003.

Desde 2015, que desempenhava as funções de cônsul honorário de Portugal em Los Angeles.

Em maio, no Dia da Região Autónoma dos Açores, John Martins recebeu a Insígnia Autonómica de Reconhecimento.

Vasco Cordeiro destacou o seu “percurso de sucesso” como empresário e, sobretudo, o seu “envolvimento cívico” na comunidade açoriana radicada na Califórnia.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.