Governo dos Açores avança com segunda fase da beneficiação do Caminho Rural Longitudinal Norte, em São Jorge

Governo dos Açores avança com segunda fase da beneficiação do Caminho Rural Longitudinal Norte, em São Jorge

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   13 de Ago de 2018, 14:51

A Secção dos Açores do Tribunal de Contas deu visto prévio à segunda fase da obra de beneficiação do Caminho Rural Longitudinal Norte, na ilha de São Jorge, informou a Secretaria Regional da Agricultura e Florestas.

Esta obra, que envolve um investimento do Governo Regional de 460 mil euros, contempla a intervenção numa extensão de 3.300 metros.

 

De acordo com nota do Executivo, esta é mais uma obra importante na estratégia de requalificação das infraestruturas agrícolas públicas, pois permite melhorar e modernizar a acessibilidade dos agricultores, contribuindo de forma direta para o aumento da competitividade das suas explorações e para a melhoria das condições de trabalho no setor agrícola.

 

A empreitada referente à primeira fase, num investimento de 411 mil euros, decorreu no final de 2015, tendo-se realizado trabalhos de pavimentação e melhorias na rede de drenagem numa extensão de 3.300 metros, o que corresponde a metade do caminho, beneficiando as acessibilidades a mais de duas dezenas de explorações agrícolas, numa área de 195 hectares de pastagem.

 

Em matéria de acessibilidades na ilha de São Jorge, já foi lançado o concurso público para a remodelação do Caminho Agrícola Pau Pique, na freguesia da Ribeira Seca, num investimento superior a 500 mil euros, acrescenta a nota.

 

Para 2019 está previsto o início da obra de remodelação do Caminho Ponte/Sete Fontes, que vai abranger 40 explorações e 120 hectares, ficando para 2020 a intervenção no Caminho Cancelas/Farol, indo, deste modo, ao encontro das expetativas dos agricultores e das prioridades manifestadas pela Associação Agrícola de São Jorge.

   


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.