Governo anuncia reforma e reduz participação em 17 empresas regionais

Governo anuncia reforma e reduz participação em 17 empresas regionais

 

Miguel Bettencourt Mota   Regional   26 de Fev de 2018, 16:48

A Região vai reduzir a sua participação - direta ou indireta - em 17 empresas e associações açorianas, anunciou, esta segunda-feira, o presidente do Governo Regional.






Vasco Cordeiro que falava, em conferência de imprensa, no sede da Vice-Presidência do Governo dos Açores, em Ponta Delgada, adiantou que esta reestruturação do Sector Público Empresarial Regional (SPER) vai implicar a "extinção das empresas SPRIH - Sociedade de Promoção e Reabilitação de Infraesttruturas, SA, Saudaçor, SA - Sociedade Gestora de Recursos e Equipamentos da Saúde dos Açores; SATA, SGPS e propor a extinção da Associação Portas do Mar".

Mais informou o líder do executivo açoriano, que também enquanto acionista direto, o Governo decidiu alienar a sua participação de 51 por cento nas Pousadas da Juventude, de 22 por cento na ENTA - Escola de Novas Tecnologias dos Açores, assim como ceder a quota de 18 por cento na ATA - Associação de Turismo dos Açores.

O presidente recordou ainda que a SATA AIR Açores irá alienar 49 por cento da sua participação na SATA Internacional - Azores Airlines e ceder a quota de 14 por cento na ATA.

No que respeita às participações indiretas, o Governo deliberou que a Portos dos Açores "irá alienar a sua participação de 100 por cento na Naval Canal, Lda, ceder a sua quota de 25 por cento na AGESPI - Associação de Gestão Parque Industrial da Terceira e extinguir a sua participação na Associação Portas do Mar".

Já a EDA, prosseguiu Vasco Cordeiro, irá alienar "a sua participação de 62 por cento na NORMA, SA, alienar a sua participação de 60 por cento na Controlauto Açores, Lda, e alienar também as suas participações na NOS Açores, Oni Açores e ENTA".

A Lotaçor, por seu turno, terá "de proceder à extinção da Empresa Espada Pescas, Lda. e alienar a maioria da sua participação na empresa Santa Catarina - Indústria Conserveira, SA", indicou o presidente do Governo Regional, acrescentando que foi também deliberado que a Santa Catarina irá proceder à extinção da empresa Companha - Sociedade Pesqueira, Lda.

A Ilha de Valor, SA, terá de "alienar 60 por cento na Pousada da Juventude da Caldeira do Santo Cristo". 

Assim sendo, após a reforma, "o SPER passará a ser constituído por 15 empresas ou grupos empresariais", afirmou Vasco Cordeiro, elencando: Grupo EDA, Grupo SATA, Portos dos Açores, Lotaçor, os três hospitais EPE, Atlânticoline, Azorina, Ilhas de Valor, IROA, SDEA, Sinaga e Teatro Micaelense"



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.