Governo alemão reduz serviço militar obrigatório para seis meses


 

Lusa / AO online   Internacional   19 de Mai de 2010, 17:59

O governo alemão decidiu esta quarta-feira reduzir de nove para seis meses o serviço militar ou serviço cívico obrigatórios, decisão que motivou protestos de várias organizações sociais que recorrem habitualmente aos prestadores de serviço cívico.
Em contrapartida, passarão a ser mobilizados anualmente 50 mil mancebos, mais 10 mil do que actualmente, anunciou um porta-voz do executivo, em Berlim.

As novas regras, em vigor a partir de Julho, prevêem também a possibilidade de um prolongamento voluntário de três a seis meses do serviço cívico.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.