Governo abre inquérito sobre corte de energia elétrica na ilha Terceira

Governo abre inquérito sobre corte de energia elétrica na ilha Terceira

 

Lusa/AO online   Regional   13 de Ago de 2012, 17:37

O Governo dos Açores anunciou abertura de um inquérito para determinar as causas e as consequências do corte no abastecimento de energia elétrica que deixou a ilha Terceira sem eletricidade durante várias horas no domingo.

O corte, que afetou toda a ilha, ocorreu às 12:37, tendo a energia elétrica regressado gradualmente ao longo das horas seguintes a várias zonas, ficando a situação totalmente resolvida apenas às 19:20.

"Com o inquérito pretende-se apurar a origem do desligamento da Central do Belo Jardim e conhecer as medidas corretivas tomadas para evitar a repetição do incidente, nomeadamente no que respeita à segurança do abastecimento elétrico da ilha e à adequação e resiliência dos sistemas de controlo da central e da rede", refere uma nota de imprensa divulgada pelo executivo regional.

O Governo dos Açores acrescenta que o inquérito, conduzido pela Direção Regional de Energia, pretende também apurar os "prejuízos causados pela interrupção e as medidas de ressarcimento a desenvolver pela Electricidade dos Açores (EDA), nomeadamente no que respeita aos clientes industriais e comerciais cuja atividade foi prejudicada pelo corte de energia".

A EDA revelou que o corte de energia foi provocado pela "perda, quase em simultâneo, de dois dos maiores grupos (geradores) que na altura se encontravam ligados ao sistema, por atuação de proteções dos mesmos".

"Com a perda destes dois grupos, os dois restantes em serviço não conseguiram manter a frequência do sistema dentro do valor de segurança, entraram em sobrecarga e acabaram também por sair do sistema, verificando-se assim a interrupção geral", referiu a empresa.

A EDA acrescentou que os operadores da Central do Belo Jardim iniciaram de imediato "os procedimentos de reposição do sistema eletroprodutor, sem contudo conseguirem ligar toda a ilha por saídas sucessivas de paralelo dos grupos que iam entrando em serviço".

"Estas situações resultaram de avarias múltiplas nos sistemas de comando e controlo dos grupos geradores, que foram sendo sucessivamente ultrapassadas ao longo da tarde", acrescenta a Eletricidade dos Açores num comunicado divulgado para esclarecer o que se passou na tarde de domingo na ilha Terceira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.