Incêndios

Fundo da Santa Casa apoiou mais de 11.500 crianças no início do ano letivo


 

Lusa/Ao online   Nacional   13 de Out de 2018, 18:01

Mais de 11.500 crianças residentes em freguesias afetadas pelos incêndios de outubro de 2017 foram apoiadas no início do ano letivo com um total superior a 2,5 milhões de euros, revelou este sábado a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

O apoio decorreu através do Fundo Recomeçar, com um orçamento global de quase quatro milhões e quinhentos mil euros, lançado pela Santa Casa para apoiar crianças e jovens das zonas afetadas pelos incêndios de outubro do ano passado.

A primeira medida do programa está concluída através do apoio financeiro a crianças e jovens de agregados beneficiários de abono de família pelo 1.º escalão, informou a SCML.

“No total, foram abrangidas 11.500 crianças e jovens, de 50 concelhos, correspondentes a 10 distritos, num valor total de 2.515.920,00 euros”, salientou a SCML, realçando que cada criança recebeu 220 euros durante o mês de setembro, para ajuda familiar com as despesas escolares do início do ano letivo.

A segunda medida do programa pretende apoiar o associativismo jovem, através da ajuda financeira a associações que promovam o desenvolvimento das zonas e da população afetadas pelos incêndios, e tem uma verba total disponível de um milhão de euros.

De acordo com a SCML, “está neste momento em curso” a análise das candidaturas a este apoio.

A terceira medida pretende apoiar iniciativas de entidades públicas e privadas para a prevenção e recuperação das zonas afetadas pelos incêndios, prevendo-se a abertura de candidaturas ainda durante este mês.

O Recomeçar é um fundo da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa para apoiar financeiramente, direta ou indiretamente, as crianças e jovens residentes nas freguesias atingidas pelos incêndios de 15 e 16 de outubro de 2017, com um orçamento de quase quatro milhões e quinhentos mil euros (4.464.812 euros).

O Fundo é constituído pelas receitas dos resultados líquidos da exploração dos jogos sociais do Estado, atribuídos à SCML, vendidos na semana de 16 a 24 de dezembro de 2017.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.