Fonte do Bastardo inaugura jardim lúdico e cultural

Fonte do Bastardo inaugura jardim lúdico e cultural

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   20 de Ago de 2018, 16:17

A freguesia da Fonte do Bastardo, na ilha Terceira, conta já com um jardim lúdico e cultural, infraestrutura inaugurada no primeiro dia das festividades daquela freguesia e que é uma “mais-valia para o desenvolvimento social, cultural e desportivo da Fonte de Bastardo”, disse o presidente da autarquia da Praia da vitória.

Na ocasião, Tibério Dinis destacou o “culminar de um processo bastante antigo” e com várias complexidades para ultrapassar, realçando “o trabalho e empenho do atual elenco da junta de freguesia” no culminar da obra.


“É uma honra estar aqui, não só porque se trata de uma inauguração, mas porque este é o culminar de um processo bastante antigo e que o atual elenco da Junta de Freguesia sempre teve muita energia para concretizar” disse, citado em nota de imprensa, sublinhando ainda que foi necessário “o envolvimento de toda a freguesia” e de diversas instituições para a concretização deste projeto.


O autarca registou que, mais do que o apoio financeiro disponibilizado pela Câmara Municipal da Praia da Vitória – a parte relativa ao pagamento do IVA da obra, uma vez que a mesma foi financiada na sua totalidade pelos fundos comunitários geridos pelos GRATER – a edilidade teve outra componente fundamental, nomeadamente a aquisição de parte do terreno onde está implantado o jardim lúdico e cultural da Fonte do Bastardo.


“A Câmara Municipal da Praia da Vitória teve que adquirir parte deste terreno ao Corpo Nacional de Escutas. Depois doou-o à junta de freguesia e assumiu também o compromisso de ceder o edifício da antiga escola primária da freguesia para sede dos escuteiros locais, uma obra que será também candidatada aos fundos da GRATER”, explicou.


Tibério Dinis que, neste momento, está também à frente dos destinos da GRATER, aproveitou a oportunidade para salientar o rigor imposto na concretização desta obra: “devo uma palavra de reconhecimento a todos os envolvidos na realização deste investimento, pela forma exemplar como ela decorreu, pois esta foi uma candidatura que deu entrada na perfeição, dentro dos limites que a GRATER apoia, cumprindo todos os prazos, concluída dentro do atual quadro comunitário (e são poucas as obras que já estão concluídas) e, para além disso, com um rigor muito claro na execução financeira, sem qualquer derrapagem”.


Acrescenta a nota que o jardim da Fonte do Bastardo é uma infraestrutura dotada de zonas verdes, parque infantil, ringue de futsal, casas de banho públicas, zonas de lazer e descanso e palco com camarins.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.