FMI diz que China está já a liderar a retoma económica global


 

Lusa / AO online   Economia   18 de Jan de 2010, 10:17

A China e outras economias em desenvolvimento asiáticas estão a liderar a retoma económica global, que está a ser mais rápida e forte do que o esperado, defendeu esta segunda-feira o director-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI).
Assim sendo, Dominique Strauss-Kahn sugeriu uma revisão em alta do crescimento da economia global previsto para 2010, que em Outubro foi estimado em 3,1 por cento.

"As previsões que iremos publicar dentro de alguns dias demonstram que a recuperação está a ser mais rápida e forte do que o esperado há alguns meses atrás", avançou Strauss-Kahn, referindo que a China, a Índia e algumas outras economias asiáticas estão já muito perto dos níveis de crescimento anteriores à crise.

O responsável alerta, no entanto, ser ainda cedo para abandonar os pacotes de estímulo financeiro adoptados pelos governos.

"Os melhores indicadores para monitorizar nesta altura são a procura e o emprego", defendeu o responsável, recomendando que os governos continuem a utilizar políticas que suportem o mercado laboral.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.