Presidenciais

Fernando Nobre defende investimento na pesca e na agricultura

Fernando Nobre defende investimento na pesca e na agricultura

 

Lusa/AO Online   Nacional   24 de Jun de 2010, 06:12

O candidato à presidência da República Fernando Nobre defendeu hoje um corte nas despesas públicas e um maior investimento na agricultura e na pesca para superar a crise económica.

Durante um jantar com apoiantes em Almada, Fernando Nobre afirmou que “é no meio [entre o investimento e o corte na despesa] que está a virtude”.

“Não sou economista, não vou para ministro da Economia nem das Finanças, mas acho que tem que haver contenção na despesa a par de um investimento criador de riqueza e que potencie o nosso futuro”, afirmou.

Os cortes na despesa, defendeu, “devem ser feitos nas despesas públicas supérfluas”:

“Em Portugal existem, com certeza, e por exemplo, dezenas de fundações e institutos públicos que duplicam funções uns dos outros”, ilustrou.

Quanto ao investimento, o candidato considerou que deve focar-se “em áreas que sabemos de antemão que constituirão o nosso tecido produtivo de amanhã”.

“Na agricultura, onde é preciso renegociar a cota que temos dentro da União Europeia, e nas pescas, que é preciso redinamizar”, afirmou.

Fernando Nobre defendeu ainda a necessidade de investimento na recuperação dos centros históricos do país e na cultura portuguesa.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.