Fernando Nobre apresenta candidatura à Presidência da República


 

Lusa/Ao On line   Nacional   19 de Fev de 2010, 05:46

 O presidente da Assistência Médica Internacional (AMI), Fernando Nobre, apresenta hoje a sua candidatura à Presidência da República no Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa, tendo já rejeitado que a sua decisão tenha tido influência do PS.

"Não tenho nada a ver com o PS", afirmou Fernando Nobre na quinta feira no aeroporto da Portela, acabado de chegar do Senegal.

Recusando comentar se a decisão de avançar para Belém poderá dividir a esquerda, tendo em conta a disponibilidade anunciada por Manuel Alegre para se candidatar, o presidente da AMI, disse que a sua entrada na corrida à Presidência da República é "independente e apartidária" e em "nome de um imperativo moral".

Há algumas semanas, o semanário "Expresso" deu conta de que o nome de Fernando Nobre para Belém estaria a ser falado entre alguns nomes do PS ligados a Mário Soares.

Entretanto, o líder do PS/Setúbal, Vítor Ramalho - um dos dirigentes socialistas próximos de Soares -, considerou "um insulto" a Fernando Nobre a insinuação de que "soaristas" incentivaram a sua candidatura presidencial e adiantou que não tomará posição sobre esta eleição antes do partido se definir.

Nas últimas eleições para o Parlamento Europeu, em junho de 2009, o presidente da AMI foi mandatário nacional para a campanha do Bloco de Esquerda.

Ainda em 2009, foi membro da Comissão de Honra da candidatura de António d'Orey Capucho à presidência da Autarquia de Cascais e de António Costa à Câmara Municipal de Lisboa.

Fernando José de La Vieter Ribeiro Nobre nasceu em Luanda em 1951, mudando-se para o Congo com 13 anos.

Três anos depois foi para Bruxelas, onde estudou e residiu até 1985, partindo depois para Portugal.

Doutor em Medicina pela Universidade Livre de Bruxelas, onde foi Assistente (Anatomia e Embriologia) e Especialista em Cirurgia Geral e Urologia, Fernando Nobre foi administrador dos Médicos Sem Fronteiras - Bélgica e fundou, em Portugal, a AMI - Assistência Médica Internacional, à qual ainda preside.

Como cirurgião participou em mais de 250 missões de estudo, coordenação e assistência médica humanitária em mais de 70 países de todos os continentes.

Pai de quatro filhos, Fernando Nobre participou na Convenção do PSD, em 2002.

Quatro anos depois, foi membro da Comissão de Honra e da Comissão Política da candidatura de Mário Soares à Presidência da República, em 2006.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.