FC Porto e Sporting com regressos complicados à I Liga

FC Porto e Sporting com regressos complicados à I Liga

 

Lusa/Ao online   Futebol   27 de Jan de 2019, 10:40

O líder FC Porto recebe na quarta-feira o Belenenses, no fecho da 19.ª jornada da I Liga de futebol, no rescaldo da derrota na final da Taça da Liga frente ao Sporting, que no mesmo dia visita Setúbal.

A receção do FC Porto ao Belenenses acontece quatro dias depois de ter falhado a conquista do único troféu nacional que ainda lhe escapa, ao perder por 3-1 no desempate por grandes penalidades, após igualdade 1-1 no fim do tempo regulamentar, frente ao rival lisboeta, no Estádio Municipal de Braga.

Os ‘azuis e brancos’ terão pela frente uma equipa do Belenenses que na ronda anterior se isolou no quinto lugar e que tem criado dificuldades nas partidas entre ambos, como ficou provado nos triunfos tangenciais do campeão nacional esta época no Jamor, para o campeonato (3-2) e para a Taça da Liga (2-1).

Antes, a partir das 19:00, o Sporting, quarto colocado, a oito pontos do líder, desloca-se ao Estádio do Bonfim, onde na época passada cedeu o empate 1-1 já em tempo de compensação, na sequência de uma grande penalidade convertida por Edinho.

Os ‘verde e brancos’, motivados pela revalidação do título na Taça da Liga, vão apadrinhar a estreia do antigo futebolista Sandro no comando do Vitória de Setúbal, após a saída de Lito Vidigal, numa altura em que os sadinos levam nove jogos sem ganhar, sete dos quais na I Liga.

Benfica e Sporting de Braga, que perderam com ‘dragões’ e ‘leões’, respetivamente, nas meias-finais da Taça Liga, entram em campo na terça-feira, ambos em casa.

Os ‘encarnados’, segundos classificados, a cinco pontos do FC Porto, defrontam o Boavista, 15.º, que no sábado anunciou a saída do treinador Jorge Simão, no Estádio da Luz, a partir das 19:00, com a perspetiva de colocarem sob pressão o líder e campeão nacional.

Frente a um conjunto ‘axadrezado’, que vem de três desaires seguidos na prova e será orientado por Jorge Couto e Alfredo Castro, tudo aponta para que o técnico Bruno Lage já possa contar com o avançado brasileiro Jonas, ausente dos últimos cinco encontros das ‘águias’, devido a lesão.

Pouco depois, às 21:15, o Sporting de Braga, terceiro colocado, a seis pontos do FC Porto, recebe na ‘Pedreira’ o Santa Clara, nono, que apenas triunfou por duas vezes nos últimos 10 encontros, embora some mais vitórias fora (quatro) do que nos Açores (duas).

Os ‘arsenalistas’, que não perdem para o campeonato qualquer jogo desde a goleada sofrida na Luz, perante o Benfica (6-2), procuram manter-se entre os candidatos ao título, após terem falhado a presença na final da Taça da Liga, que se disputou precisamente no Estádio Municipal de Braga.

Ainda na terça-feira, o Portimonense, oitavo classificado, recebe o ‘lanterna vermelha’ Desportivo de Chaves. Os algarvios venceram por 2-0 no Estádio do Bessa na última jornada, ao passo que os flavienses foram goleados pelo FC Porto, por 4-1.

A jornada arranca na segunda feira, às 17:00, com a receção do Marítimo (11.º) ao Rio Ave (10.º), duas equipas separadas por um ponto e que estão em momentos distintos na temporada: os insulares têm vindo a recuperar na classificação desde que Petit assumiu o comando técnico e levam já três vitórias seguidas, enquanto os vilacondenses não sabem o que é vencer há 10 encontros.

No mesmo dia, o Tondela, 12.º colocado, recebe o Desportivo das Aves, 16.º e antepenúltimo, que vem de um triunfo sobre o Vitória de Setúbal (2-1), na estreia de Augusto Inácio como ‘timoneiro’.

À mesma hora, o surpreendente Moreirense, sétimo classificado, joga com o Nacional (14.º), em Moreira de Cónegos, e vai tentar distanciar-se do Vitória de Guimarães, sexto, em igualdade pontual dos cónegos, que visita o Feirense (17.º e penúltimo).




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.